Actividades > Seminários



A CTM convidou a monja Tsering para vir à Madeira em Janeiro 2005 para fazer um fim de semana de ensinamentos sobre a forma de apoiar e dar conforto aos doentes terminais.



Tsering Paldron (Emília Marques Rosa) nasceu em Lisboa em 1954, numa família tipicamente portuguesa. Estudou no Lycée Français Charles Lepierre e, mais tarde, na Universidade de Letras de Lisboa. Por razões pessoais deixou Portugal em 1973 e foi viver para Bruxelas, onde, pela primeira vez, tomou contacto com o budismo tibetano.

Percebeu, desde o primeiro contacto, que o budismo dava uma resposta coerente às inquietações que sentia há anos e ficou captivada com sua flexibilidade e tolerância. Mas foi o encontro pessoal com Lama Kunzang que precipitou a sua adesão ao budismo. A relação entre o mestre e o discípulo é um elemento fundamental no budismo tibetano e a progressão na via espiritual está muito dependente do exemplo e da inspiração que dele vêm. Assim, foi a confiança que ele lhe inspirou que fez da via espiritual a primeira prioridade da sua vida.

Tornou-se budista em Fevereiro de 1974, tomando refúgio junto de Lama Kuzang. No mesmo ano, casou-se em Bruxelas com um budista, e teve uma filha dois anos depois.

Um dos períodos mais marcantes da sua vida ocorreu entre 1985 e 1988. Foi durante esses anos que fez o retiro espiritual de "três anos, três meses e três dias". Na tradição tibetana é um retiro durante o qual se tem a oportunidade de estudar e aplicar os ensinamentos do Buda de modo intensivo.

O retiro em que participou teve lugar em Chanteloube, Dordogne (França), esteve sob a autoridade espiritual de Dudjom Rinpoche e Dilgo Khyentse Rinpoche e foi dirigido por Tsetrul Pema Wangyal Rinpoche.

Em 1991, Lama Kunzang pediu-lhe que começasse a ensinar o budismo e, desde então tem sido essa a sua principal ocupação. Em Novembro de 1999, a pedido do seu mestre tomou votos religiosos junto de Trulshik Rinpoche.

Desde 1995 tem estado com frequência em Portugal, tendo dirigido até 1998 a revista Adarsha, uma revista trilingue publicada em Portugal pela Ogyen Kunzang Choling, a escola budista a que pertence.

Nestes últimos anos, deu muitos seminários e conferências sobre o Budismo, em Portugal, França, Bélgica, Tahiti e Moçambique, escreveu dois livros e participou na tradução de várias obras budistas.


Programa


Sexta Feira dia 28 de Janeiro – Palestra Pública

Ás 21:00h, na Rua das Mercês, no. 69, Funchal

Depois das apresentações a Tsering falará sobre a recente fundada Associação AMARA. Haverá discussão e serão apresentados os conteúdos do seminário do dia seguinte. Também falaremos sobre o programa de Domingo.

Entrada livre


Sábado dia 29 de Janeiro – Seminário

Das 10:00h ás 17:00, na Rua das Mercês, 69, Funchal

Duas sessões com intervalo para almoço (na Varanda do Tibete) e um lanche ás 17:00h.

Custo:15 euros ( almoço e lanche incluídos)


Domingo dia 30 de Janeiro – Passeio informal nas serras madeirenses.

Concentração ás 10:00h na Boca da Corrida e almoço no Montado dos Aviceiros. Volta á Boca da Corrida pelas 16:00h. Aqui teremos a oportunidade de falar informalmente com a Tsering sobre os temas discutidos nos dias anteriores.

Custo 10 euros ( incluí almoço nos Aviceiros)